Congresso Internacional sobre Inteligência Artificial e Direitos Humanos

 

UNIVERSIDADE ANDRZEJ FRYCZ MODRZEWSKI KRAKOW UNIVERSITY - POLÔNIA

 

28 e 29 de maio de 2020

 

Nos próximos dias 28 e 29 de maio de 2020 ocorrerá o congresso internacional sobre Inteligência Artificial e Direitos Humanos  curso organizado pelo IBEROJUR em parceria com a  AFM Krakow University, Polônia.

Este congresso é aberto a toda a comunidade académica e será certificado pela AFM Krakow University e o Instituto Iberoamericano de Estudos Jurídicos.

O Iberojur e a Universidade AFM de Cracóvia, na Polônia, estão empreendendo uma tarefa difícil, mas fascinante: ela quer preencher a lacuna nas análises das relações jurídicas entre inteligência artificial e direitos humanos. Essa questão esta-se tornando cada vez mais importante na era do desenvolvimento constante da inteligência artificial. No entanto, não podemos deixar de notar os numerosos problemas que os advogados de todo o mundo devem enfrentar: não haverá violações dos direitos humanos nos campos em que os sistemas que imitam a inteligência humana estão abrindo caminho para si mesmos?

Uma conferência científica permitirá que advogados de diferentes países possam trocar ideias, dando-lhes a oportunidade de trabalharem em estreita colaboração. A variedade de discursos e cursos que podem ser realizados durante a conferência proporcionará um banquete para a mente e o espírito tanto dos praticantes quanto dos teóricos do direito.

 

 

Presidente do Congresso: Prof. PhD. Laura Miraut Martín (Universidade de Las Palmas de Gran Canaria)

Diretores: Prof. PhD. Mariusz Załucki (AFM Krakow University), Prof. PhD. Fabio da Silva Veiga (Universidad de Almería) e  Prof. PhD. Rubén Miranda Gonçalves (Universidad Internacional de La Rioja),

 

Coordenadores: PhD Kamil Szpyt, PhD Agnieszka Kubiak-Cyrul (AFM Krakow University) e PhD Aleksandra Partyk (AFM Krakow University).

O evento será realizado no edifício da Universidade AFM de Cracóvia (Cracóvia, Grudzinskiego 1, Polónia).

O prazo final para submissão dos trabalhos será o día 30 de Março de 2020.

Os trabalhos poderão ser escritos em espanhol, português, inglês e polaco.

REGRAS PARA A FORMATAÇÃO DO ARTIGO


Título do artigo: Em minúsculas, justificado, em negrito, tipografia Garamond 14 no idioma do artigo.
 

Nome e sobrenome do autor e da universidade (margem esquerda). Na nota de rodapé, devem escrever uma breve referência à biografia do autor.


Quanto ao corpo do trabalho e sem prejuízo do que foi indicado acima para o título, este deve ser escrito em formato WORD, letra Garamond 12, espaço único, margens normais (A4).


 Em termos de extensão, os artigos de pesquisa devem conter entre 10 e 15 páginas. Trabalhos com mais de 15 páginas não serão aceitos.


 As citações devem ser referenciadas em nota de rodapé, fonte Garamond, tamanho 9.


Livros: o sobrenome deve ser citado em primeiro lugar, seguido da inicial do nome (em letras maiúsculas), título da obra em itálico (em itálico), editora, cidade, ano e página, por exemplo:


AZNAR GÓMEZ, M.J. La protección Internacional del Patrimonio Cultural Subacuático con especial referencia al caso de España, Ed. Tirant monografías, Valencia, 2004, p. 221.


Capítulos de livros: os sobrenomes devem ser citados em primeiro lugar, seguidos da inicial do nome (em maiúsculas), título do capítulo entre aspas, título da obra em itálico, volume ou volume, editora, cidade, data de publicação e página(s), por exemplo:


MIRANDA GONÇALVES, R. "El defensor del pueblo español como institución garante de los derechos fundamentales y las libertades públicas de los ciudadanos", O direito constitucional e o seu papel na construção do cenário jurídico global, Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, Barcelos, 2017, pp. 205-215.


Artigos de periódicos: sobrenome e inicial do nome em letras maiúsculas, título do artigo entre aspas, nome da revista entre aspas, número da revista, volume (se houver), data e página(s), por exemplo:


MIRANDA GONÇALVES, Rubén "Aspectos jurídicos do património cultural subaquático em Espanha legislação estatal actual", Veredas do Direito, nº. 14, Vol. 30, pp. 39-51.


A bibliografia ao final do trabalho deve ser feita com travessão francês (selecionando toda a bibliografia e pressionando Control+F).

 

 

© 2018 Instituto Iberoamericano de Estudos Jurídicos. Todos os direitos reservados